Home » Sarmentos e Bejas by Jorge Albuquerque da Quinta
Sarmentos e Bejas Jorge Albuquerque da Quinta

Sarmentos e Bejas

Jorge Albuquerque da Quinta

Published
ISBN :
Hardcover
Enter the sum

 About the Book 

Neste estudo desenvolve-se a ascendência e descendência do casal Crescêncio Manuel Soeiro do Amaral Sarmento (1760-1811) e Margarida Rosa Beja (1766-1815), casados em 1795.Luís Soeiro do Amaral Sarmento, filho deste casal, deixou geração que se veioMoreNeste estudo desenvolve-se a ascendência e descendência do casal Crescêncio Manuel Soeiro do Amaral Sarmento (1760-1811) e Margarida Rosa Beja (1766-1815), casados em 1795.Luís Soeiro do Amaral Sarmento, filho deste casal, deixou geração que se veio a estabelecer na Ponte da Barca e daí passou ao Porto e arredores, enquanto a sua irmã, Teresa Cândida de Jesus e Beja, deixou descendência que se radicou em Coimbra e Lisboa.Se os descendentes de Luís foram unânimes na escolha do apelido, Sarmento, os de Teresa e seu marido Marcelino de Matos da Costa e Melo, usaram normalmente Beja, precedido de Matos ou de Sarmento, exceptuando um ramo que usa apenas este último – a que pertence a actriz Carmen Dolores Cohen Sarmento.No capítulo I foi estudada a ascendência de Crescêncio Soeiro do Amaral Sarmento, nascido em Chãs de Tavares, Mangualde, e a sua descendência, dividida nos sub capítulos seguintes: Amaral Sarmento, Sarmento da Costa Testa, Cruz Sarmento, Fontes Sarmento, Ribeiro Sarmento, Sarmento Rocha Peixoto, Rocha Peixoto Rodrigues, Matos Sarmento Beja (Matos Beja), Cohen Sarmento, Sarmento Beja e Grosclaude Beja.Foram também tratados, ainda que sumariamente, alguns ramos colaterais dos Soeiro do Amaral Sarmento ao longo dos séculos XVIII e XIX no concelho de Mangualde.No capítulo II foi estudada a ascendência de Margarida Rosa Beja, nascida em Melo, Gouveia, bem como as linhas colaterais até ao século XIX / XX, antepassados, por exemplo, da família Beja Neves, de Melo, ou Beja Costa Guerra, Viscondes da Barreira.Embora não tenha sido possível estabelecer a ligação entre todas as pessoas de apelido Beja na freguesia de Melo, apresentamos a genealogia de outras famílias que o usaram e são certamente parentes de Margarida Rosa, como por exemplo os Bejas de Gouveia.